As melhores formas de anúncio para seu imóvel

Há inúmeras maneiras de divulgar seu imóvel. Porém, algumas são mais eficientes que as outras. Fique por dentro do que se deve fazer ou não para anunciar o seu imóvel e vendê-lo o mais rápido possível.

Divulgação via Internet

Sem dúvida nenhuma, hoje em dia a internet é a melhor forma de se divulgar um imóvel. Vivemos em uma era em que tudo o que se deseja vender ou comprar se faz uso dessa ferramenta tão importante. Com os imóveis não é diferente. Em algum momento do negócio, seja no primeiro contato com o corretor ou vendedor particular, seja na pesquisa de mercado disponível ou apenas para se inteirar do valor médio para o tipo de imóvel que se deseja vender ou comprar, ela é utilizada possibilitando uma compra mais consciente.

Anunciar em sites de busca  é uma ótima pedida, pois reúnem milhares de opções. Além de facilitar a busca do comprador. Faça parte de páginas especificas nas redes sociais, tanto por região como a nível nacional, o que aumentará suas chances de fazer uma boa venda.

Anúncio em jornais

Esse tipo de divulgação já teve os seus dias de glória. Hoje não mais, pois, além de caros, são pouco efetivos. Algumas imobiliárias ainda a utilizam para divulgar seus lançamentos e afins. No entanto, para pequenos vendedores, o custo-benefício não compensa.

Placas

As placas atraem compradores que já estão à procura de imóveis na região, além de alertar pessoas que não os procuram, mas, que podem divulgar a um amigo ou parente fomentando assim a propaganda boca a boca, que é muito eficaz. Olhando por esse ângulo, as placas resolvem essa questão. No entanto, por motivo de segurança, priorize divulgar os números de contato de um corretor, caso você tenha esse serviço aliado à sua venda.

Empresas imobiliárias

Alguns proprietários preferem vender seus imóveis por conta própria. Contudo, contratar uma empresa corretora pode evitar problemas de ordem operacional, administrativa, jurídica ou financeira. Mas além de todos esses benefícios, uma corretora sabe onde, como e qual a melhor maneira de anunciar o imóvel, além de já ter uma lista de contatos de potenciais compradores.

Material publicitário impresso

Mesmo não sendo mais tão utilizado, o tradicional material de divulgação impresso tem um baixo custo quando produzido em grande quantidade, além de possibilitar a divulgação em massa. Essa forma de divulgação tanto pode selecionar um público específico, como não, dependerá do local de distribuição.

Além disso, outra vantagem observada é a de que o material impresso é palpável e dá a sensação real do objeto divulgado como a seriedade do negócio.

Plantões de vendas imobiliárias

Uma boa escolha pra quem deseja divulgar seus imóveis é participar de plantões de vendas imobiliárias. Essa alternativa reúne o público especifico e facilita negociações. Mesmo que em um primeiro momento você não realize a venda, divulga sua marca e distribui seu contato. No entanto, esse tipo de divulgação é mais compensador quando os imóveis são de grande porte, por exemplo, um condomínio de apartamentos ou várias casas.

Com certeza uma dessas formas de anúncio vai auxiliar na venda de seu imóvel. Escolha aquela que melhor lhe atenda e aproveite para realizar uma boa venda.

Onde procurar as melhores oportunidades do mercado imobiliário

O investimento em imóveis hoje em dia se tornou uma alternativa escolhida por muitas pessoas por ser um tipo de negócio geralmente seguro e rentável. Além disso, essa é uma opção sempre lembrada por investidores e economistas, confirmando a importância e a menor possibilidade de prejuízos. Mas, onde procurar os melhores negócios?

Uma boa opção para se procurar bons empreendimentos são sites especializados no ramo. Eles funcionam como filtros que facilitam o acesso às suas informações em todo o Brasil. Assim, é possível encontrar informações com riqueza de detalhes além de fotos que, por sua vez, possibilitam uma visão bem significativa dos imóveis que poderão ser adquiridos. Eles possuem vários tipos de ofertas como por exemplo, apartamentos, casas, terrenos ou imóveis comerciais, lançamentos do mercado, acesso a plantas, imagens e estimativa de preços. Portanto, navegar nesses sites é uma boa forma de facilitar sua escolha na hora de investir em um empreendimento.

Atualmente, muitos resolvem anunciar seus imóveis em sites classificados de imóveis como o imoveis.net, devido a grande visibilidade que a internet proporciona. Além disso, existem também aplicativos que auxiliam nessa busca, uma vez que permitem mais amplitude na pesquisa. Existem diferentes tipos, de imobiliárias até buscadores mais genéricos que possibilitarão encontrar milhares de opções de casas, apartamentos e outros tipos de imóveis. Você pode baixá-los gratuitamente no seu celular ou acessar diretamente quando o site for direcionado para navegadores mobile. Assim, as buscas podem ser bem detalhadas, baseadas na localização e em alertas. Você pode buscar por nome de ruas, bairros e cidades. Como se não bastasse, pode ainda guardar o histórico das suas buscas para futuras consultas.

Outros lugares para procurar as melhores oportunidades são em feiras de imóveis (como as realizadas pela Caixa Econômica Federal). Nesses eventos, você terá acesso a uma concentração de ofertas de imóveis com várias vantagens e juros menores do que os oferecidos no mercado normalmente. Muitos empreendimentos são oferecidos e você ainda poderá ter mais facilidade em conseguir um financiamento. A Caixa Econômica realiza este evento em todo o país em datas preestabelecidas com uma organização excelente e muitas opções de variados tipos de imóveis para os mais variados gostos e possibilidade financeiras. As datas e os locais das feiras podem ser conferidos no site do Caixa.

Esses tipos de eventos não são oferecidos somente pelos bancos, eles também podem ser divulgados por associações de imobiliárias e empresas afins que ampliam a visibilidade de suas ofertas.

Para procurar oportunidades, também vale buscar anúncios em classificados de jornais que podem ser adquiridos em bancas diariamente. Nesses classificados, você pode encontrar múltiplas ofertas que muitas vezes não estão disponíveis na internet, fornecendo informações sobre os imóveis e contato com o responsável pela negociação.

Você também pode visitar algumas imobiliárias e encontrar boas opções para a compra de imóveis. A utilização de imobiliárias como intermediárias pode trazer vantagens e desvantagens. As vendas feitas com a intermediação protegem as partes envolvidas de aborrecimentos, principalmente envolvendo a parte financeira. A principal desvantagem é o aumento do custo, que podem ser elevados devido ao pagamento para imobiliária da parte que lhe cabe.

As opções para encontrar as melhores oportunidades no mercado de imóveis são múltiplas onde o acesso às inovações tecnológicas muito tem ajudado. Então, mãos à obra, e comece sua pesquisa escolhendo pela opção que lhe for mais conveniente!

Como valorizar seu imóvel antes de vender

Como Valorizar seu Imóvel Antes de Vender

A valorização no imóvel, na hora de vender, não fará mal a ninguém. Algumas medidas são capazes de melhorar o valor do seu imóvel em até vinte por cento. São dicas simples, que na verdade primam pela qualidade da futura casa de outra pessoa. Não só a questão visual, mas também a infraestrutura devem corresponder às expectativas dos seus possíveis compradores.

Antes de tudo, deixar a casa organizada no momento das visitações para a venda é primordial. Para se realizar um bom negócio, também são necessárias reformas, como substituição de telhas ou vidros danificados, por exemplo. O ideal é que, durante a visitação, não haja mais nenhum desse tipo de problema com o imóvel. Pra completar, uma decoração agradável poderá valorizar o ambiente.

A seguir, 8 dicas para valorizar seu imóvel na hora da venda:

  1. Home staging – originada nos Estados Unidos, a prática de home staging é a contratação de um profissional, geralmente um designer ou arquiteto, que agregará valor ao seu imóvel a partir de uma nova decoração. O objetivo é melhorar o visual do imóvel para agradar possíveis compradores. Essa técnica vem comprovadamente melhorando os valores de vendas de imóveis.
  2. Manutenção em dia – quaisquer problemas em seu imóvel, como defeitos no piso ou nas partes de alvenaria, vazamentos, problemas elétricos e hidráulicos vão certamente causar desencanto imediato por parte do possível comprador. Por isso, a manutenção deve ser constante e preventiva, a fim de evitar esse tipo de transtorno.
  3. Pintura em cores neutras e decoração – como não é possível adivinhar o gosto do freguês antes de conhecê-lo, e como também a pretensão é apresentar o imóvel para várias pessoas até o fechamento de um negócio, optar por cores claras e neutras não vai agredir a olhos mais sensíveis. Além disso, não manter no imóvel qualquer elemento decorativo que possam causar repulsa para alguns possíveis compradores é importante, como artefatos religiosos ou similares.
  4. Fachada sempre bem cuidada – a área externa é a primeira impressão, e essa é a que fica! Então, manter uma fachada limpa e agradável é dever do vendedor, sobe pena de o visitante já não gostar de cara do imóvel só por conta de uma primeira má impressão.
  5. Limpeza e organização – dispensa muitos comentários. Um comprador sentirá muito mais segurança em um imóvel limpo e organizado.
  6. Jardim e quintal limpos – imagine uma casa limpíssima, mas que ao olhar pela janela o quintal está puro mato… Não há valorização possível para uma aparência metade bonita e metade desleixada.
  7. Documentação e contas em dia – organize a papelada e tenha tudo à mão. Vai que gostam tanto do imóvel que a negociação é imediata? Antes de divulgar a venda do seu imóvel, tenha tudo correto sobre a documentação do imóvel.
  8. Área externa – piscina, churrasqueira e afins. Deverão ter o mesmo cuidado do quintal, pois não adianta anunciar que há uma área externa atrativa e chegar na hora da visita ser só um buraco no meio do quintal.

Além das questões básicas, você deverá sempre primar pela transparência. Afinal, a compra e venda de um imóvel é uma negociação. Seja claro com o possível comprador, sempre.

Dicas para compra e venda de seu imóvel

Compra Venda comprador vendedor

Tomar a atitude certa em busca da tão sonhada casa própria demanda vários cuidados. Para quem quer vender seu imóvel também não há dúvidas quanto às precauções necessárias. Buscar equilíbrio de ambas as partes, tanto quem deseja comprar quanto vender, é primordial. A seguir, há dez dicas que podem ser consideradas infalíveis nas intermediações de negócios.

 

Para compradores:

1- Defina o tipo de imóvel que deseja adquirir

Todo mundo busca comodidade e conforto quando se trata de moradia. Mas, por conta das especulações imobiliárias, são constantes aqueles que acabam por seduzir-se, principalmente por quaisquer facilidades apresentadas, nem sempre reais. Portanto, a primeira dica é: defina o que realmente quer e precisa, focando sua busca dentro da sua realidade.

2- Conheça seu limite de financiamento bancário.

Uma consulta prévia no banco onde se tem conta pode evitar alguns transtornos posteriores. Primeiro porque, ciente da sua capacidade financeira, você irá procurar por aquilo que estará dentro da sua realidade. Sem contar que, quando se deseja financiar, algumas empresas imobiliárias induzem o comprador a fazer o financiamento com um banco indicado por eles. Diante de tal situação, nunca hesite em perguntar sobre taxas de juros, encargos embutidos no financiamento, para verificar se realmente vale a pena a indicação. E é claro, não custa barganhar com o gerente da sua conta para uma melhor negociação.

Pesquisa de mercado oportunidade

3- Conheça os custos envolvidos na transação.

Ao decidir sobre a compra e resolver fechar o negócio, nunca deixe de fazer uma pesquisa sobre os custos envolvidos na operação. Mesmo compras feitas sem uso de recursos próprios, como por exemplo, de entrada com FGTS e financiamento, existem custos cartorários e de transferência que nem sempre são esclarecidos na hora da apresentação e da venda. O ideal é consultar um bom agente imobiliário ou advogado especializado em direito de imóveis para não haver surpresas desagradáveis.

4- Trace o seu roteiro de compra.

Podemos dividir esse tópico em três dicas principais:

Faça uma busca virtual – Pesquise primeiro na internet, em sites especializados como imoveis.net, o perfil de imóvel que deseja. Isso já faz com que se trace um roteiro mais objetivo para compra.

Pesquisa ao vivo – Depois de ter buscado na internet, chegou a hora de conhecer a região de verdade. Num primeiro momento parece muito trabalhoso, mas no final torna-se compensador. O comprador descobre dessa forma os prós e contras da região, perspectiva de valorização do lugar, especulação real da região para compra etc.

Avaliação – Ao falar de avaliação não se está abordando somente valor propriamente dito. Mas quando se resolve tomar uma decisão desse tipo o ideal é consultar outras pessoas de confiança que possam lhe ajudar e de repente trazer uma opinião outrora não pensada do seu ponto de vista. Parece incrível, mas ainda acontece no mundo de hoje casos de pessoas que compram imóveis no escuro.

5- Analise com olhar de investidor.

Mesmo que a intenção não seja investimento imediato, a decisão de comprar deve ser encarada como algo que lhe trará lucro, mesmo que em longo prazo. E, para agregar valor, medidas simples podem fazer grandes diferenças, como uma obra de ampliação, reforma de cômodos, troca de materiais hidráulicos, elétricos entre outros. Não precisa ser um grande empreendedor para saber que todo tipo de mercado tem seu período de alta e de baixa. Portanto, estar precavido para que seu imóvel seja uma excelente peça de negociação, mesmo que isso não faça parte de seus planos inicialmente, sempre valerá a pena mais cedo ou mais tarde.

 

Para vendedores

Agora a negociação encontra-se do outro lado. Vender o imóvel e obter sucesso com a venda, embora pareça objetivo e lógico, nem sempre estão atrelados. Portanto é preciso tomar alguns cuidados para que se obtenha o máximo de excelência em uma negociação.

1- Mantenha a documentação em dia, livre de pendências ou inadimplência.

Quando já se possui um imóvel para moradia e possui outro apenas como investimento é normal que às vezes alguns encargos passem despercebidos. Mas, o ideal é fazer uma consulta prévia das dívidas e encargos sobre o imóvel para que se agregue valor na hora da venda.

2- Deixe seu imóvel próprio para visitação.

Especialistas de mercado aconselham sempre fazer pequenos reparos para se obter um melhor resultado na venda. Pequenas reformas, ornamentação externa, limpeza, são atitudes simples, mas que visualmente trazem uma boa perspectiva para o olhar do comprador. Se o imóvel possui um morador ou inquilino residindo, deve-se evitar objetos polêmicos, por exemplo artigos religiosos, ou sobre times de futebol entre outros objetos de cunho muito pessoal. Medidas simples, mas que se não observadas podem trazer certos desconfortos embargando uma possível negociação.

3- Venda seu imóvel dentro da realidade de preço.

Saiba pedir um preço dentro da perspectiva da região e do mercado. Esteja atento à concorrência para não supervalorizar demais. Se seu imóvel possui um algo a mais que considera como diferencial, faça uma consulta com um agente especializado.

4- Não demore na entrega.

Assim como para vender o proprietário cria uma perspectiva de tempo para tal, o comprador por sua vez também cria essa mesma perspectiva para recebê-lo. Portanto, não demore na entrega do imóvel. Quanto mais rápido se desocupar, melhor para ambas partes.

5- Não abuse da intransigência na hora de visitar ou mesmo de negociar.

Principalmente quando se trata de imóvel condominial, é normal que haja uma concorrência razoável de outros imóveis com o mesmo perfil do que se pretende vender. Para driblar essa questão, o ideal é não ser muito resistente com relação a horários de visitação ou mesmo com possíveis negociações que surjam. Às vezes, uma pequena fenda na agenda permitindo visitações aos fins de semana ou após o período de horário comercial podem ajudar. E quanto à negociação, um pequeno parcelamento da entrada, ou uma permuta com um bem que o comprador talvez possua (como um carro, por exemplo), às vezes pode fazer com que se saia na frente. Não custa nada conversar. É possível ser coerente e ao mesmo maleável na busca do melhor negócio.

Como anunciar seu imóvel

Anunciar casa

Com o alto dinamismo do mundo moderno, as pessoas têm cada vez menos tempo para si e para resolver suas pendências. Sendo assim, a internet se tornou uma ferramenta imprescindível para buscas, pesquisas e tudo mais em suas vidas. Não seria diferente, portanto, quando o assunto é imóvel.

Embora seja muito prazeroso pensar na compra da casa própria, ou mesmo pra quem já possui um imóvel, comprar outro ou quem sabe trocar, a correria do dia a dia não possibilita uma busca tão calma e tranquila da forma que se deseja. E é nessa hora que um anúncio bem publicado faz toda diferença.

Uma boa descrição do que se deseja vender, aliado aos pontos fortes do que se anuncia, podem acelerar a venda de qualquer coisa que se queira negociar. E, no caso de um imóvel, precisa ser uma janela virtual, uma forma de sonho prévio daquilo que se deseja adquirir.

Mas, como fazer para que se obtenha um anúncio de destaque? Podemos enumerar algumas dicas simples, mas que se tornam quase que mágicas quando o assunto é anúncio virtual.

5 DE 15_Colocação no mercado

1) Forneça o endereço completo do imóvel. Localização é tudo para um anúncio altamente vendável. As pessoas hoje procuram endereços dentro de um raio de no máximo 10 quilômetros de onde cresceram. Sem contar que, se já moram de aluguel e possuem uma vida naquela região, mudar de hábitos de forma brusca não é conveniente para quem busca comprar. Portanto, a localização completa é o primeiro ponto forte a ser considerado.

2) Destaque os pontos positivos do imóvel. Já que acabamos de falar sobre localização, uma outra dica importante é salientar sempre os pontos positivos externos, como acesso fácil a condução, supermercados, bancos, farmácias e também vantagens do imóvel, como por exemplo: varanda grande, vista livre, tipo de piso e outros.

3) Invista na apresentação. Não se pode vender imóvel sem fotos. As chances de se obter uma boa negociação são quase nulas. É importante tirar boas fotos para que, como já foi dito anteriormente, as imagens sejam a antessala do sonho do cliente. Relacionado a isso, há algumas dicas interessantes:

  • Organizar a casa e não deixar nada e nenhum objeto fora do lugar;
  • Procurar tirar fotos durante o dia, onde a iluminação reforça todos os ângulos da casa;
  • Tirar fotos de todos os cômodos da casa, também fachada e ambientes externos, caso haja.

4) Destacar se o imóvel apresenta áreas comuns, tipo piscina, quadra, salão de festas, são um grande reforço, principalmente para quem já tem filhos.

5) Descreva no anúncio todos os encargos que devem ser pagos pelo novo proprietário. Valor de IPTU, taxa de condomínio, taxas extras e outros. Omitir esses valores, às vezes, pode afugentar ou simplesmente desinteressar quem já não tem tanto tempo para procurar um imóvel.

O dinamismo desse tipo de cliente faz necessário um anúncio no mesmo ritmo. O cliente já pode procurar pelo imóvel visualizando tudo que irá pagar, planejando assim seu orçamento.

São medidas simples, porém, quando seguidas com precaução e um pouco de capricho, podem atenuar o tempo e valorizar a negociação de forma que haja excelência de ambas partes, vendedor e comprador.

Gaste menos os seus dedos ao anunciar imóveis

O título desse artigo lhe parece estranho? Pensei o mesmo quando um usuário me indagou um tempo atrás: “São muitos campos! Haja dedo para digitar!”. Pois é, foi pensando nesta frase que eu andei quebrando a cabeça nos últimos dias imaginando uma forma de poupar tempo e “dedos” dos nossos amigos usuários.

Realmente, a digitação de informações nos campos do formulário de anúncio é muito cansativa. Principalmente quando um usuário tem que anunciar vários imóveis. Mas também temos que pensar nos visitantes dos anúncios, ou seja, os potenciais compradores. Precisamos oferecer a maior quantidade possível de informações para que eles sintam-se seguros ao fazer um contato. Continuar lendo…

Outras dicas para você

  • As melhores formas de anúncio para seu i...

    por em 3 de outubro de 2015 - 4 Comentários

    Há inúmeras maneiras de divulgar seu imóvel. Porém, algumas são mais eficientes que as outras. Fique por dentro do que se deve fazer ou não para anunciar o seu imóvel e vendê-lo o mais rápido possível. Divulgação via Internet Sem dúvida nenhuma, hoje em dia a internet é a melhor forma de se divulgar um Continuar lendo…

  • A crise te ajudará na compra de uma casa...

    por em 26 de setembro de 2015 - 6 Comentários

    Comprar imóveis durante a crise tem se mostrado cada vez mais promissor. No passado não havia tempo para negociações, quando um imóvel era construído ou colocado à venda em questão de dias já estava vendido, ou até mesmo sua venda era realizada antes da construção começar. Por que o preço está melhor? A crise diminui Continuar lendo…

  • 5 dicas para escolher o melhor consórcio...

    por em 19 de setembro de 2015 - 4 Comentários

    Consórcio é o agrupamento de pessoas físicas ou jurídicas que, através de pagamentos mensais, formam uma poupança destinada à aquisição de imóveis, carros, motos, viagens e até mesmo cirurgias plásticas. Estima-se que aproximadamente cinco milhões de brasileiros optaram por esse sistema de compras, tudo porque não sofre a incidência das altas taxas de juros, ao Continuar lendo…

  • 3 formas econômicas de renovar a sua cas...

    por em 15 de setembro de 2015 - 0 Comentários

    Só existe uma sensação melhor do que estar em casa: é estar em uma casa nova! Nem sempre se pode comprar uma outra casa na vida, ou às vezes a atual possui um valor emocional muito grande. Então, se você não pode comprar uma casa nova, por que não renovar a que você já tem? Continuar lendo…

  • Onde procurar as melhores oportunidades ...

    por em 7 de setembro de 2015 - 6 Comentários

    O investimento em imóveis hoje em dia se tornou uma alternativa escolhida por muitas pessoas por ser um tipo de negócio geralmente seguro e rentável. Além disso, essa é uma opção sempre lembrada por investidores e economistas, confirmando a importância e a menor possibilidade de prejuízos. Mas, onde procurar os melhores negócios? Uma boa opção Continuar lendo…

  • Os 3 fatores que mais afetam o valor de ...

    por em 2 de setembro de 2015 - 5 Comentários

    O valor de um imóvel pode variar bastante durante o seu tempo de vida. Seja para mais ou para menos, existem diversos fatores que interferem no seu valor. Se você pensa em vender o seu imóvel ou até mesmo comprar um, é importante prestar atenção em alguns detalhes cruciais. Listamos a seguir 3 desses fatores Continuar lendo…

  • 5 dicas para avaliar a real qualidade de...

    por em 18 de agosto de 2015 - 3 Comentários

    Muitas vezes, seja por falta de senso crítico ou até mesmo por preguiça, quem pretende comprar ou alugar um imóvel não dedica tempo e energia necessários para a realização de uma avaliação rigorosa, julgam o livro pela capa, fecham negócio sem realizar uma visita sequer, baseando-se apenas na beleza da fachada, somente percebendo que caíram Continuar lendo…

  • Regras para manter seu imóvel regulariza...

    por em 11 de agosto de 2015 - 7 Comentários

    Para aqueles que compraram ou estão comprando imóveis devem saber que há uma série de regras que tornam regular a situação do mesmo. Se o investimento em imóveis é considerado um tipo de investimento seguro, em parte tem a ver com a segurança jurídica conferida pelas leis destinadas a protegerem a propriedade. O que se Continuar lendo…

  • Alugar ou vender? Vantagens e desvantage...

    por em 4 de agosto de 2015 - 7 Comentários

    Quando se tem um imóvel disponível, fica uma dúvida frequente: vender ou alugar? Quais vantagens e desvantagens para cada opção? Está na hora de pesar os prós e contras e ver qual delas é a melhor para você. Alugar um imóvel Vantagens A maior vantagem de se alugar um imóvel é a valorização do mesmo, Continuar lendo…

  • Documentos necessários para vender o seu...

    por em 29 de julho de 2015 - 6 Comentários

    Nos dias de hoje, a venda de um imóvel se tornou uma tarefa não muito fácil. São vários os problemas a serem enfrentados, um deles é a questão dos documentos e taxas. Para orientar o comprador corretamente, é de suma importância que o proprietário ou corretor saiba quais os documentos necessários na hora da negociação. Continuar lendo…